Reingresso, Mudança de Instituição/Curso

Reingresso, Mudança de Instituição/Curso

Os regimes de mudança de par instituição/curso e reingresso destinam-se a alunos que tenham estado inscritos em estabelecimento de ensino superior, nacional ou estrangeiro, e que pretendam ingressar nos cursos de licenciatura do IPVC.

Reingresso 
O reingresso é o ato pelo qual um estudante, após uma interrupção dos estudos num determinado curso e instituição de ensino superior, se matricula na mesma instituição e se inscreve no mesmo curso ou em curso que lhe tenha sucedido.

Mudança de Par Instituição/Curso no Ensino Superior
A mudança de curso é o ato pelo qual um estudante se inscreve num curso diferente daquele em que praticou a última inscrição, na mesma ou noutra instituição de ensino superior, tendo havido ou não interrupção de inscrição num curso superior.

A mudança de par instituição é o ato pelo qual um estudante se inscreve e matricula no mesmo curso em instituição de ensino superior diferente daquela em que está ou esteve matriculado, tendo havido ou não interrupção de inscrição num curso superior.
Entende-se por “mesmo curso”, os cursos com idêntica designação e conduzindo à atribuição do mesmo grau ou os cursos com designações diferentes mas situados na mesma área científica, tendo objetivos semelhantes, ministrando uma formação científica similar e conduzindo:

  • À atribuição do mesmo grau;
  • À atribuição de grau diferente, quando tal resulte de um processo de modificação ou adequação entre um ciclo de estudos conducente ao grau de bacharel e um ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado ou entre um ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado e um ciclo de estudos integrado de mestrado.

Aplica-se:

  • Às instituições de ensino superior públicas, com exceção das instituições de ensino superior militar e policial, e aos estabelecimentos de ensino superior privados;
  • Aos ciclos de estudos conducentes ao diploma de técnico superior profissional, ao grau de licenciado, e ao grau de mestre através de um ciclo de estudos integrado de mestrado, adiante todos genericamente designados por cursos.

Não é permitida a mudança de par instituição/curso no ano letivo em que o estudante tenha sido colocado em par instituição/curso de ensino superior ao abrigo de qualquer regime de acesso e ingresso e se tenha matriculado e inscrito.

Quem se pode candidata?

Podem requerer a mudança de par instituição/curso ou reingresso para um curso do IPVC:
a) Os estudantes que tenham estado inscritos e matriculados noutro par instituição/curso e não o tenham concluído;
b) Os estudantes que tenham realizado os exames nacionais do ensino secundário correspondentes às provas de ingresso fixadas para esse par, para esse ano, no âmbito do regime geral de acesso, realizadas em qualquer ano letivo;
c) Os estudantes que tenham, nesses exames, a classificação mínima exigida pela instituição de ensino superior, nesse ano, no âmbito do regime geral de acesso.

O regime de mudança de par instituição/curso aplica-se igualmente aos estudantes que tenham estado matriculados e inscritos em instituição de ensino superior estrangeira em curso definido como superior pela legislação do país em causa, e não o tenham concluído.

Podem requerer o reingresso num curso do IPVC, os estudantes que tenham estado matriculados e inscritos nesse mesmo curso do IPVC, ou no curso que lhe tenha antecedido.

Vagas disponíveis

O número de vagas para reingressos não é limitado.
O número de vagas para a mudança de par instituição/curso é limitado e fixado, anualmente, para cada curso de licenciatura do IPVC, através de despacho do Presidente do IPVC.

Regras de seriação

As regras de seriação devem ser consultadas no Regulamento Reingresso Mudança Par Instituição/Curso e Concursos Especiais – Despacho n.º 6946/2020.

Prazos de candidatura

O pedido de reingresso pode ser efetuado em qualquer momento do ano letivo, se existirem ou puderem ser criadas condições de integração dos requerentes nos cursos em causa.
Os candidatos podem requerer a mudança de par instituição/curso num período único de candidaturas: em data a definir anualmente por despacho do Presidente do IPCV (normalmente nos meses de julho-agosto).

Os requerimentos submetidos são analisados e seriados os respetivos candidatos até ao início de setembro, em data definida no edital de cada tipologia de concurso especial.

FAQ

Interrompi os meus estudos de um curso de ensino superior. Que devo fazer para reingressar?

Caso pretenda prosseguir estudos no mesmo curso, ou em curso que lhe tenha sucedido, e no mesmo estabelecimento de ensino poderá requerer o reingresso, sem limitações quantitativas, nos termos previstos no ponto 3 do art.º 4.º e do ponto 1 do art.º 5.º do regulamento publicado pela portaria n.º 401/2007, de 05 de abril.
O processo de candidatura decorre no estabelecimento de ensino superior que o estudante pretende frequentar, sendo esse estabelecimento que determina as regras de seriação e prazos de candidatura.
As candidaturas devem ser apresentadas on-line na plataforma do IPVC.

Toda a informação sobre o edital e o calendário, aprovados anualmente, podem ser consultados aqui.

Como posso efetuar transferência ou mudança de curso para o IPVC, dentro do prazo estabelecido para o efeito?

Podem requerer a mudança de curso ou a transferência os estudantes que tenham estado inscritos e matriculados num curso superior num estabelecimento de ensino superior nacional e não o tenham concluído, e os estudantes que tenham estado inscritos e matriculados em estabelecimento de ensino superior estrangeiro, em curso definido como superior pela legislação do país em causa, nos termos previstos na legislação em vigor.
O processo de candidatura decorre no estabelecimento de ensino superior que o estudante pretende frequentar, sendo esse estabelecimento que determina as regras de seriação, prazos de candidatura e o número de vagas.

As candidaturas devem ser apresentadas on-line na plataforma do IPVC.

Toda a informação sobre o edital e o calendário, aprovados anualmente, podem ser consultados aqui.

 

No âmbito da candidatura a reingresso, mudança de curso, ou transferência, como posso solicitar creditação da minha formação e/ou experiência profissional?

O pedido de creditação deve ser apresentado após a matricula/inscrição, nos prazos definidos no regulamento de creditação de competências do IPVC.

Qual o modo de pagamento da candidatura?

Após o preenchimento do formulário de candidatura, será atribuída uma referência multibanco para pagamento do emolumento, que terá que ser efetuado impreterivelmente, até ao prazo limite de candidaturas, sob pena da mesma ser liminarmente indeferida.

Após o pagamento é disponibilizado o respetivo comprovativo, ao qual deverá anexar o talão de multibanco.

Onde entrego os documentos exigidos para a candidatura?

Os documentos são carregados na plataforma da candidatura, por upload dos documentos digitalizados.

No âmbito do concurso posso apresentar candidatura a Mudança de Curso ou Transferência fora do prazo previsto no calendário de candidatura?

Não é possível apresentar a candidatura fora de prazo. São liminarmente indeferidas.
Não obstante as datas fixadas em cada ano, para o efeito, e após o concurso, o órgão legal e estatutariamente competente da instituição de ensino superior pode analisar requerimentos de mudança de curso, transferência e reingresso em qualquer momento.

Atualizado em 28/02/2021