Skip to main content

Lista de notícias

Jornadas de Computação Gráfica e Multimédia

A iniciativa define-se como uma ocasião de excelência para os estudantes do ensino secundário e profissional terem um contacto próximo com o ensino superior e, em especial, com os cursos de computação gráfica e multimédia. As Jornadas de Computação Gráfica e Multimédia são também uma oportunidade que os estudantes têm para interagir com empresas da área, enquanto o setor pode apresentar os seus mais recentes projetos, tecnologias e produtos. Perto de centena e meia de estudantes irá marcar presença na 22.ª edição da Jornadas da Computação Gráfica e Multimédia, que irá decorrer esta quarta-feira, na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico de Viana do Castelo. A iniciativa é organizada conjuntamente pelos estudantes do curso de Licenciatura em Engenharia da Computação Gráfica e Multimédia e pelo Curso Técnico Superior Profissional em Desenvolvimento Web e Multimédia, em parceria com o Núcleo de Estudantes da Computação Gráfica e Multimédia. As XXII Jornadas da Computação Gráfica e Multimédia assumem-se como uma oportunidade para os jovens estudantes do ensino secundário e profissional, oriundos de escolas dos distritos de Viana do Castelo, Braga e Porto, assistirem a palestras, participarem em workshops ou visitarem exposições de aplicações interativas, jogos digitais ou produtos audiovisuais, desenvolvidos por estudantes do curso de Engenharia da Computação Gráfica e Multimédia. Os estudantes que visitam a Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico de Viana do Castelo poderão, ainda, ficar a conhecer a restante oferta formativa do IPVC, assim como os recursos da instituição, o trabalho desenvolvidos e a investigação produzida, assim como assistir à projeção dos filmes premiados no festival de cinema de animação CINANIMA 2023, que irá ter lugar às 21h30. A edição deste ano das jornadas irá contar com a presença de três entidades que atuam na área da Computação Gráfica e Multimédia: a CPDS – Cooperativa Tecnológica – Cooperativa de Profissionais de Desenvolvimento de Software, o Departamento de Sistemas de Informação Geográfica da Câmara Municipal de Viana do Castelo e a Wolf Smart Industries, fundada por estudantes da ESTG-IPVC. O contacto entre os estudantes e empresas da área, que aproveitam para apresentar as últimas novidades do setor, como projetos tecnologias e produtos desenvolvidos, é também um dos principais fundamentos das Jornadas. Mais informações AQUI

Cursos intensivos em Cibersegurança

As formações em Cibersegurança irão decorrer essencialmente em regime online e terão lugar nos meses de junho e julho. As candidaturas estão a decorrer para os cursos em Princípios Técnicos de Cibersegurança, Responsável de (Ciber)Segurança e Princípios e Metodologias de Gestão de Risco, a serem ministrados na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico de Viana do Castelo. A integrar a C-Academy há dois anos, o Politécnico de Viana do Castelo avança com três cursos intensivos na área da Cibersegurança. Princípios Técnicos de Cibersegurança, Responsável de (Ciber)Segurança e Princípios e Metodologias de Gestão de Risco serão os cursos ministrados na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico de Viana do Castelo, já nos próximos meses de junho e julho. As formações terão a duração de 35 horas cada, em regime híbrido, embora a maioria das aulas vá funcionar online. As candidaturas estão já a decorrer. De forma mais detalhada, a formação em Princípios Técnicos de Cibersegurança irá permitir aos formandos adquirir conhecimentos sobre blocos essenciais da programação imperativa, incluindo a comunicação com processos remotos no modelo cliente-servidor. Esta formação permitirá, ainda, a utilização de uma ferramenta para partilha de código em repositórios, conhecer os principais mecanismos criptográficos para proteção de informação, assim como formas de garantir a confidencialidade dos dados em repouso, os principais aspetos dos mecanismos de autenticação e controlo de acessos, bem como os principais riscos atuais das aplicações. Já a formação em Responsável de (Ciber)Segurança visa dotar os formandos de um conjunto de competências necessárias para auxiliar na gestão da cibersegurança de empresas, nomeadamente, planos de cibersegurança, inventariação de ativos e análise de risco, notificação de incidentes e legislação associada. Por fim, o curso intensivo de Princípios e Metodologias de Gestão de Risco irá permitir aos formandos ter as seguintes capacidades: prever potenciais riscos derivados de determinada decisão, definir estratégias avançadas de mitigação de risco nas diversas áreas de IT e, ainda, utilizar ferramentas para gerir e tratar dados e conhecimento básico de como processar corretamente dados e dos mecanismos a utilizar em termos de destruição, armazenamento e processamento de dados. Inscrições e mais informações: Princípios Técnicos de Cibersegurança Responsável de (Ciber)Segurança Princípios e Metodologias de Gestão de Risco A C-Academy é um programa de formação avançada em Cibersegurança para a administração pública e o setor privado, desenvolvido pelo Centro Nacional de Cibersegurança, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência. Este programa de formação avançada em Cibersegurança encontra-se alinhado com o Regime Jurídico da Segurança do Ciberespaço. No âmbito do PRR, o programa tem como objetivo dotar de competências avançadas em Cibersegurança 9.800 formandos até ao primeiro trimestre de 2026 em parceria com as instituições de ensino. A C-Academy foi construída para abranger todo o território nacional e formar, acima de tudo, profissionais da Administração Pública, operadores de infraestruturas críticas, operadores de serviços essenciais e prestadores de serviços digitais. A formação funciona com cursos intensivos de 35 e de 70 horas.    
Atualizado em 19/04/2024

Arquivo

Desculpe, não há resultados que correspondam à sua pesquisa.
Tente pesquisar um termo diferente ou use os filtros disponíveis para navegar.