Escolas Superiores Portais
ESEESAESTGESSESCEESDL MULTIMÉDIAINTERNACIONAL
Escola Superior de Educação
Escola Superior Agrária
Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Escola Superior de Saúde
Escola Superior de Ciências Empresariais
Escola Superior de Desporto e Lazer
SASOTICEMPREGO
 
   
 

Semana das Ciências da Terra e da Vida

Semana das Ciências da Terra e da Vida

TERRA.ECO dá a voz a especialistas e a aprendizes

Escola Superior Agrária do Politécnico de Viana é durante esta semana o centro das Ciências da Terra e da Vida da Região Norte
Primeiro dia da iniciativa deu voz às Terra.Talks. Percursos de vida em destaque com conselhos para os estudantes.

“Não podemos querer ser agricultores só porque agora está na moda”, começou por alertar Isabel Martins, jornalista e diretora da Revista Vida Rural que ao longo dos seus 19 anos de experiência em jornalismo agrícola já viu muitos projetos acabarem mal. A jornalista falava na abertura das Terra Talks no âmbito do evento organizado pela Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana de Castelo [ESA-IPVC] que ao longo desta semana vai debater as Ciências da Terra e da Vida. A falar para um auditório repleto de estudantes, Isabel Martins deixou várias dicas. “A agricultura pode ser uma das atividades mais fascinantes, mas é por sua vez uma das mais difíceis. Quem quer enveredar por este caminho deve fazer as coisas seguindo uma lógica. Informem-se, falem e visitem outros agricultores, leiam muito, façam perguntas, vão até ao estrangeiro para ver o que se anda a fazer noutros países, vão a todas as feiras, não percam seminários”. A jornalista deixou ainda um alerta. “Nunca comecem nada, nenhum projeto sem testar. Façam testes, experimentem a vossa ideia e vejam se resulta. Só depois, mediante os resultados, é que devem decidir se vão ou não avançar com o projeto. E, mesmo assim, têm que estar constantemente atualizados”.

Ao longo da tarde os estudantes tiveram ainda a oportunidade de ouvir, na primeira pessoa, vários empresários contarem o seu percurso profissional.  Dos vários testemunhos ficou evidente uma certeza: “Ainda há muito por fazer no setor da agricultura e do ambiente, mas trata-se de uma área muito difícil que exige muito de quem trabalha. Desengane-se quem pensa que vai ter uma vida regalada”.

Numa abordagem não tão prática, mas com pinceladas académicas, o docente da Universidade Europeia, Rui Rosa Dias, falou em inovação, investigação e na aposta em novas tecnologias nos vários setores. Afirmou que ainda há muito a fazer no setor e que qualquer ameaça se revela uma oportunidade e os estudantes devem aproveitar essa dicotomia.

A Terra.ECO continua ao longo desta semana com as jornadas das Ciências Biotecnológicas, das Ciências Agronómicas, das Ciências Ambientais, de Ciências Animais, e com o Semear a Empregabilidade.

Última atualização: 
07.03.2017
 

Imagens

Semana das Ciências da Terra e da Vida

Imagens

Semana das Ciências da Terra e da Vida

Imagens

Semana das Ciências da Terra e da Vida

Partilhar

 
 
 
 
 
 
 

Em destaque

EM AGENDA

D S T Q Q S S
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
 
 
Format: 2017-11-24
Format: 2017-11-24

Próximos Eventos