Escolas Superiores Portais
ESEESAESTGESSESCEESDL MULTIMÉDIAINTERNACIONAL
Escola Superior de Educação
Escola Superior Agrária
Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Escola Superior de Saúde
Escola Superior de Ciências Empresariais
Escola Superior de Desporto e Lazer
SASOTICEMPREGO
 
   
 

Engenharia Civil e do Ambiente

Apresentação

Grau: 
Licenciatura
Regime: 
Normal | Diurno
Escola: 
ESTG - Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Local: 
Viana do Castelo
Duração: 
3 Anos
N.º de vagas do curso: 
35 (sujeito a alterações)
Provas: 
[07] Física e Química e [16] Matemática
Coordenador: 

Prof. Doutora Mafalda Laranjo
e-mail: mlopes@estg.ipvc.pt

Taxa de Empregabilidade
Consulte informação em infocursos.mec.pt

Avaliação e Acreditação do Curso pela A3ES
Consulte toda a informação em Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior-A3ES

A licenciatura em Engenharia Civil e do Ambiente ministrada na Escola Superior de Tecnologia e Gestão, apresentou o seu plano de adequação ao processo de Bolonha, não só para se inserir no novo paradigma da aprendizagem, mas também como uma oportunidade de responder aos novos desafios decorrentes da forte pressão a que tem estado a engenharia civil de um modo mais geral, como consequência das profundas alterações que o mundo vem experimentando nos últimos anos, sobretudo decorrentes da globalização, da competitividade e das complexas questões ambientais que tem de dominar. Hoje, novos desafios se colocam ao engenheiro civil, dado que tem de lidar com um conjunto muito diversificado de atores e de complexas questões ambientais, que exigem cada vez mais preparação académica e profissional aos engenheiros. As mudanças profundas exigem novas competências aos engenheiros civis, designadamente as competências transversais que podem introduzir questões críticas, antes não consideradas de engenharia, como a ética, a deontologia, a qualidade, a gestão ambiental, a contabilidade e a fiscalidade, a proficiência oral e escrita, as relações com clientes, o contacto com os “mass media” e a pressão social, sobretudo as referentes ao ambiente, entre outros. Com efeito, as intervenções da Engenharia Civil, sejam elas quais forem, continuam a ser transformadoras do meio. Moldam espaços e alteram a paisagem, causando impactos ambientais, positivos e negativos. Cabe à engenharia civil e do ambiente um papel central na intervenção com o objetivo de corrigir disfunções causadas a esse meio ambiente pela atividade antrópica. Por isso, a Licenciatura em Engenharia Civil e do Ambiente alia conhecimentos sólidos em tecnologias ambientais à engenharia civil tradicional, como prática sustentada nas mais reputadas universidades europeias e dos Estados Unidos da América, onde a maior parte dos cursos de engenharia civil passou a designar-se de Engenharia Civil e do Ambiente (Universidades de Oxford, Cambridge, Imperial College de Londres, Stanford, MIT).

Esta Licenciatura é reconhecida pela OET - Ordem dos Engenheiros Técnicos, pela FEANI - European Federation of National Engineering Associations e pela OE - Ordem dos Engenheiros

Última atualização: 
28.07.2014
 

Partilhar

 
 
 
 
 
 
 

Em destaque

EM AGENDA

D S T Q Q S S
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
 
 
Format: 2017-11-22
Format: 2017-11-22

Próximos Eventos